Uploader: Michael
Country: Australia
Uploaded: May 19, 2018
Price: Free

Please, verify you are not robot to load rest of pages

download inteligencias multiplas pdf

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA – UniCEUB
FACULDADE DE CIÊNCIAS DE EDUCAÇÃO – FACE
CURSO PEDAGOGIA – FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA AS SÉRIES INICIAIS
DO ENSINO FUNDAMENTAL – PROJETO PROFESSOR NOTA 10
VALERYA MICHELY PARRA DE ARAUJO
INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS
UM ESTÍMULO EM SALA DE AULA
Brasília
2006
VALERYA MICHELY PARRA DE ARAUJO
INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS
UM ESTÍMULO EM ALA DE AULA
Trabalho apresentado ao Centro Universitário de
Brasília - UniCEUB, como parte das exigências para
conclusão do curso de Pedagogia – Formação de
Professores para as Séries Iniciais do Ensino
Fundamental – Projeto Professor Nota 10.
Orientadora:
Professora
Drª.
Maria
Eleusa
Montenegro
Brasília
2006
Construir pontes, estradas e ir até à lua é fácil, pois
probabilidades de erros são bem pequenas, mas
construir o homem, eis uma tarefa de heróis, de
gigantes, porque exige do educador a reformulação
da sua própria personalidade.
Pe. Charboneau
RESUMO
No decorrer do processo educacional pode-se observar pessoas que se destacam
em uma área mais sentem dificuldades em outras. Na tentativa de buscar novas idéias
para um melhor aprimoramento do educando, buscando novas abordagens para o seu
desenvolvimento em sala, surgiu a proposta das Inteligências Múltiplas, no processo de
ensino-aprendizagem. Este trabalho teve como finalidade analisar e demonstrar a
importância do estudo sobre as inteligências na pratica pedagógica do professor, como
colaborador do desenvolvimento do aluno, com vistas a propor formas de estimulações das
Inteligências Múltiplas. O tipo de pesquisa utilizada foi à pesquisa bibliográfica de
abordagem qualitativa. Teve como instrumento um roteiro de análise documental e como
categoria de analise, as formas de estimulação das Inteligências Múltiplas em sala,
segundo diferentes autores, no que se refere a inteligências: espacial; corporal-cinestésica;
música; intrapessoal; interpessoal; naturalista; lingüística e lógico-matemática. As formas
de estimulação das inteligências múltiplas, como resultados da pesquisa, se apresentam
da seguinte forma: inteligência corporal-cinestésica desenvolveu-se a partir do movimento
do corpo e das atividades motoras; A inteligência espacial, em observar e manipular
objetos; quanto à inteligência musical se estimula no ouvir, cantar, jogos operatórios e
lúdicos; a inteligência Naturalista pode-se dizer que a comparação e a observação do
ambiente que rodeia o aluno servem de estimulação; A inteligência lingüística surgiu a
partir do ouvir, ler e produzir textos partindo da realidade da criança; para a inteligência
lógico-matemática a estimulação através de jogos de estratégias criando problemas e
jogos matemáticos são uma importante sugestão; as inteligências intrapessoal e
interpessoal se formam com o contato social, na interação com o grupo e na expressão de
idéias do aluno. No processo de aprendizagem do aluno a motivação é parte importante e
as Inteligências Múltiplas vêm apresentando resultados interessantes para o
desenvolvimento em sala de aula. É sabido que o aluno, quando estimulado, apresenta
com maior facilidade, ocorrendo assim uma interação com o que foi aplicado. A forma
como a criança aprendeu é o diferencial, nesta proposta o aluno aplica, o que foi aprendido
na escola, em sua vivência diária.
Palavras chaves:
Estimulação da Inteligência. Inteligências Múltiplas. Desenvolvimento Intelectual.
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO....................................................................................................................... 05
1.1 JUSTIFICATIVA.................................................................................................................. 05
1.2 DELIMITAÇÃO DO TEMA.................................................................................................. 06
1.3 OBJETIVOS........................................................................................................................ 06
1.3.1 Objetivo Geral.................................................................................................................. 06
1.3.2 Objetivos Específicos....................................................................................................... 06
2 REFERENCIAL TEÓRICO.................................................................................................... 08
2.1 CONCEITO DE INTELIGÊNCIA......................................................................................... 08
2.2 A TEORIA DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS.................................................................. 10
2.2.1 Inteligência Espacial........................................................................................................ 10
2.2.2 Inteligência Corporal–Cinestésica.................................................................................... 11
2.2.3 Inteligência Musical.......................................................................................................... 12
2.2.4 Inteligência Intrapessoal.................................................................................................. 13
2.2.5 Inteligência Interpessoal.................................................................................................. 13
2.2.6 Inteligência Naturalista..................................................................................................... 14
2.2.7 Inteligência Lingüística..................................................................................................... 15
2.2.8 Inteligência Lógico – Matemática..................................................................................... 15
2.3 INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS E OS DOCUMENTOS OFICIAIS....................................... 15
2.4 INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS E A AUTO-ESTIMA DO ALUNO........................................ 17
2.5 IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS.............. 18
3 METODOLOGIA.................................................................................................................... 19
3.1 ABORDAGENS METODOLÓGICAS.................................................................................. 19
3.1.1 Pesquisa qualitativa......................................................................................................... 19
3.1.2 Pesquisa bibliográfica...................................................................................................... 20
3.2 INSTRUMENTO PARA COLETA DE DADOS.................................................................... 21
3.2.1 Roteiro de análise documental......................................................................................... 21
3.3 ESPECIFICAÇÃO DAS FASES DA PESQUISA................................................................ 21
3.4 CATEGORIA DE ANÁLISE................................................................................................ 22
3.5 ORGANIZAÇÃO, ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS DADOS................................................ 22
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS................................................................................................... 30
REFERENCIAL BIBLIOGRÁFICO........................................................................................... 33
APÊNDICE – ROTEIRO PARA ANÁLISE DOCUMENTAL.....................................................
35
5
1 INTRODUÇÃO
1.1 JUSTIFICATIVA
Ao longo do processo educacional pode-se observar pessoas que se destacam